Tire todas as suas dúvidas sobre o medicamento Nimesulida antes de tomar!

nimesulida

Seu médico de receitou esse medicamento e você não entendeu direito para que ele serve? Tire todas as suas dúvidas nesse post!

O que é Nimesulida?

O nome desse medicamento com certeza você já ouviu. Nimesulida é um fármaco anti-inflamatório e é bastante indicado por médicos em inflamações de garganta. Atualmente ele é o mais utilizado para esse tipo de distúrbio e substitui antigos remédios como o diclofenaco de sódio.

Para que serve a nimesulida?

A nimesulida é analgésica e também combate a febre, mas sua principal função é anti-inflamatória. Por isso, ele inibe a produção de enzimas que causam inflamações no corpo.

Em poucas horas ele acaba com os sintomas da febre, dores de cabeça e outros sintomas causados pelo problema. O remédio é mais comumente utilizado para inflamações de garanta e ouvido, mas serve para qualquer outra inflamação.

Como tomar

A forma correta de tomar o nimesulida é sempre após grandes refeições, estando com o estômago cheio, para evitar a sobrecarga e prejudicar os órgãos digestivos e o fígado. Nunca ultrapasse uma dose de 400 mg por dia, ou seja, no máximo 4 comprimidos.

Dependendo do grau da inflamação e das dores sentidas, a posologia irá variar. Para problemas leves, toma-se apenas 2 comprimidos por dia, de 12 em 12 horas. Para casos mais graves tome com um intervalo de 8 ou apenas 6 em 6 horas.

Existem outras versões do nimesulida como em sachê, comprimido dissolvido em água e em supositório. Para todos os formatos a posologia é a mesma.

Nunca exceda as indicações do médico nem pare de tomar a Nimesulida antes do período correto. Ao interromper o tratamento antes do momento correto, você favorece a proliferação das bactérias mais resistentes que restaram no corpo. Com isso, a inflamação fica mais forte e mais complicada de se eliminar.

Nimesulida ataca os rins?

Sim, na bula do remédio há um aviso que a Nimesulida ataca os rins, uma vez que ela apresenta toxidade renal. O medicamento pode levar à falência renal se usado incorretamente ou em excesso. O que ocorre é que os rins param de filtrar os resíduos do sangue quando os compostos do nimesulida afetam o organismo. Essa insuficiência pode acontecer em horas ou dias, por isso o uso do medicamento deve ser sempre acompanhando de um médico e nunca excedido o indicado.

Aumenta a pressão?

Aumenta. Medicamentos não hormonais, ou seja, todos da classe de anti-inflamatórios, podem elevar os níveis pressóricos sanguíneos. Por isso, pessoas hipertensas devem tomá-lo com cautela e nunca exceder o indicado pelo médico, além de sempre informá-lo dessa condição previamente.

O Nimesulida corta o efeito do anticoncepcional?

Não, nem a nimesulida corta o efeito da pílula, nem o anticoncepcional interfere no efeito do remédio. Apenas remédios como a rifampicina, rifabutina, carbamazepina, primidona, fenitoína, topiramato, fenobarbital, tiopental e oxcarbazepina interferem no anticoncepcional.

Se a paciente já faz o uso incorreto da pílula, como tomá-la fora dos horários devidos, a nimesulida pode aumentar as chances de gravidez. Caso o uso seja correto, não há risco algum.

Serve para dor de dente?

O nimesulida serve, sim para dores de dente. Essa é a segunda maior recomendação dos médicos para esse medicamento. Para inflamações dentárias, a nimesulida tem uma ação rápida, eficaz e muito forte. Porém, ela não deve ser frequentemente consumida para evitar essas dores. Nesse caso, deve-se ir ao dentista e procurar a raiz do problema, pois o uso excessivo do remédio pode causar insuficiência renal. Para evitar a sobrecarga dos rins, mude o tratamento para analgésicos anti-inflamatórios mais fracos como o ibuprofeno.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *